menos e mais

Crianças com menos dão mais valor.

 Organizar o espaço das crianças é uma tarefa difícil , ainda mais quando envolve o ato de desapegar dos brinquedos, objetos e roupas. 

 

DESCARTAR: É livrar-se de tudo que as crianças não usam mais e isso inclui brinquedos, roupas, acessórios. Estes itens podem ser doados, vendidos, emprestados e até jogados fora. 

Veja o que diz  Geralin Thomas, especialista em organização: 

“Pais tendem a guardar itens sentimentais, mesmo quando as crianças estão prontas para seguir em frente. Quando seu filho diz que não quer mais um bicho de pelúcia, mesmo que seja o seu favorito, permita-lhe deixar o brinquedo. Seus filhos podem aprender a se livrar das coisas se você deixar que eles mesmos decidam o que querem jogar fora. Geralmente, as crianças estão dispostas a abrir mão das coisas antes de seus pais se disporem, mas eles querem agradá-los, e ficam confusas quando ouvem mensagens contraditórias, como: “Vai jogar fora? Mais foi a vovó que deu….”. Mensagens assim dão a impressão de que os objetos são mais importantes que as relações. “

PRESENTES NÃO PRECISAM SER MANTIDOS PARA A VIDA TODA, VOCÊ AMA O DOADOR MESMO QUE NÃO AME O PRESENTE. 

 ROUPAS: Aproveite cada lavagem para separar roupas que já não servem mais. Essa é a hora certa para montar a “sacola” da doação. Quando o seu filho ganhar uma roupa que não gosta e diz que nunca irá usá-la, essa roupa já tem um destino certo: DESCARTE. 

armarios

tenha apenas o necessário

Eles podem participar da organização, veja:Crianças, criancinhas, vamos todos ajudar!

material escolar.

Crianças artistas. Incentive.

Gaveta organizada.

Organização faz os olhos brilhar. Não?

MATERIAL ESCOLAR: Ao terminar o ano letivo, já separe para descarte tudo o que não será aproveitado para a próxima série. Não há motivos para se apegar a livros didáticos, eles podem ser doados ou negociados em cebos. Faça uma limpeza na mochila e jogue fora canetas secas e quebradas, cadernos rabiscados, totalmente preenchidos e sem capa.

  Os projetos artísticos e científicos são os mais difíceis  de desapegar, mas não há motivo para guardar todos. Reveja todas as produções, selecione algumas “obras” e guarde. Você pode também presentear avós e avôs, padrinhos e madrinhas com algumas dessas obras. TODOS FICAM

FELIZES e o “ARTISTA’ MIRIM se SENTIRÁ PRESTIGIADO.  

Lembranças de premiações como troféus, fitas, medalhas e certificados recebem um valor especial quando não nos apegamos a tudo. Mantenha apenas os que seu filho fez por merecer sozinho. 

Lembranças de aniversário quando sem muito valor, servem apenas para aumentar a bagunça, ensine seu filho a agradecer e recusar e se a festa for na sua casa, seja mais criativa e diga NÃO aos sacos de tranqueiras. 

veja tambémCriança feliz, brinca, desapega e doa.