Lembranças guardadas de forma física acabam se tornando inviáveis.  Ainda mais quando a família começa a crescer e o volume de momentos bons também.

Importante que se tenha foco e que se guarde o menos possível, pois não é tudo que precisamos  guardar, o exagero transforma-se em bagunça e  quando o assunto é guardar  tenha bom senso e equilíbrio para não transformar sua casa em um Museu. 

 O  desapegar de  objetos guardados  por razões emocionais é sempre um grande desafio   na hora de organizar  sempre me deparando com essa dificuldade. Pensando em tudo isso,  veja algumas   sugestões para  transformar os objetos queridos,  em lembranças queridas, quer saber?

caixa encapada com tecido

uma roupa especial, uma lembrança especial

ropuas de bebe

lembranças do “meu” bebê.

  • 01Roupas  : Recorte um pedaço do tecido e com ele faça algo como: encapar uma caixa e transforma-la em um porta joias. Vestidos de bebês: Faça um quadro com a peça ( uma meia, uma touca etc…)

veja também:http://www.bellaordine.com.br/modelitos-novos-com-pecas-velhas-sera-possivel/

 

 

  • 02 – Louças:  aquele jogo de xícaras que você tanto adora, mais que na verdade só sobrou o prato ou a xícara. Transforme a xícara  num vazo e o pratinho use o  para cobrir aquele copo de água que te acompanha na hora de dormir.Uma xícara ja foi sua.
  • 03 – “Lembrancinhas de viagem ” crie um espaço na sua casa para guardar pequenas lembranças de viagem. Uma galeria, e porque não?  Todas a vezes que passar por ela, sentira aquela sensação gostosa de relembrar de grandes momentos. 

 

peça antiga

uma lembrança de viagem

painel

painel de ótimas lembranças

fotos e garrafas

Lembranças numa forma ilusitada

  • 04 – Fotos: Faça um painel e complete sua galeria. Tenha lindos álbuns completos com fotos, sempre catalogados e identificados.

 

 

 

 

  • 05 – Trabalhos escolares dos pequeninos: Transforme em obras de arte e decore a brinquedoteca, presente e os avós, a madrinha, a professora, porque não? Coloque uma moldura e prestigie o “Michelangelo” da família.
quadro infantíl

lembranças dos pequenos artistas

trabalhos escolares

Um Michelangelo na família.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O  melhor lugar de se guardar as lembranças é na memória. Delas,  ninguém pode quebrar ou se apropriar,  levamos  para onde formos, não ocupa  espaço e tão pouco pesará.